RAZÃO DO NÚMERO ROMANO IIII EM VEZ DE IV

Pode-se encontrar esta numeração no Relógio arco da Rua Augusta, em Rolexs, Cartiers, mas mais comum é mesmo nas estações de comboio.

1ª Hipótese:

No começo da história da escrita de algumas civilizações como a egípcia, a babilónica e outras, os primeiros nove números inteiros eram anotados pela repetição de traços verticais.

2ª Hipótese:

Conta-se que um acidente de comboio teria ocorrido na Inglaterra no final do século XIX em função de que o I do IV teria sido coberto pelo ponteiro de horas, confundindo o condutor do trem que interpretou como se fosse 5 horas. Com isso, ele iniciou sua viagem uma hora mais cedo, e acabou colidindo de frente com outro comboio que vinha em sentido contrário. Por esse motivo, decidiu-se que o quatro deveria vir escrito IIII.

3ª Hipótese:
O uso do IIII ter continuado pode ter origem religiosa. Os algarismos romanos são formados por letras e a combinação delas podem também significar uma abreviação. Entre os deuses romanos pagãos, o deus do dia, era gravado em latim como IVPPITER (Júpiter). Segundo teoria, para não utilizar as iniciais de um deus pagão em igrejas Cristãs, foi optado por manter a velha forma IIII.

Roman (Ed.Limitada)

Esta categoria está em branco.